INFIDELIDADE NA INTERNET – TRUQUES E DICAS

São várias as razões que podem levar à infidelidade, como conflitos constantes com a cara metade, um distanciamento emocional que possa surgir entre ambos, a monotonia e falta de interesse que se instala ou mesmo problemas na vida sexual do casal. O que é certo é que o número de traições e casos extraconjugais tem crescido anualmente em todo o mundo, de ano para ano, provando que a monogamia é algo difícil, naturalmente falando, para o Homem.

Actualmente, com o advento da internet, tornou-se mais fácil ser-se infiel. Por um lado, a world wide web permite conhecer mais gente, de forma fácil e rápida, através de aplicações e sites de encontros ou amizade, por exemplo. Por outro lado, permite faze-lo com menor esforço e maior anonimato, fazendo com que a probabilidade de ser descoberto seja cada vez mais reduzida. Para o ajudar a ter sucesso na sua infidelidade na internet, compilámos um conjunto de truques e dicas.

Casal de amantes num encontro escaldante

1. APAGUE O SEU HISTÓRICO NA INTERNET

A internet deixa uma pegada de tudo o que fizemos ou visitamos na rede. Por isso, é muito importante que apague sempre o histórico dos seus browsers. Procure eliminar o máximo de registos do que fez ou esteve na internet. Os browsers, como o Internet Explorer, o Firefox por exemplo, têm sempre essa opção que permite eliminar o seu histórico. E, assim torna-se mais difícil encontrar vestígios de onde esteve anteriormente.

Também pode optar por limpar apenas parcialmente o histórico da sua passagem pela internet. Se não o costumava fazer antes e se a sua cara-metade até percebe dessas coisas, talvez não seja má ideia apagar apenas as partes comprometedoras. Assim não vai levantar suspeitas.

Além disso, é aconselhado também que elimine sempre todos os outros registos de conversas, mensagens ou imagens comprometedoras que possa ter trocado online. É fundamental evitar deixar qualquer vestígio de actividade duvidosa ou comprometedora. Por isso, em caso de dúvida, apague sempre. E lembre-se que não chega enviar as coisas para a Reciclagem, é mesmo necessário elimina-las definitivamente.

2. NÃO MUDE DE PASSWORDS

Se compartilha as suas palavras-passe com a sua cara-metade, é extremamente suspeito se começar a troca-las sem razão aparente. Por isso, o melhor a fazer neste caso é criar um perfil secundário, apenas para o caso de infidelidade. Isso não levanta suspeitas, é mais seguro e dá-lhe maior liberdade online.

Além disso, com um perfil alternativo, tem também maior liberdade para visitar sites de encontros, por exemplo, o que também pode ser uma vantagem para si. E sem necessitar de andar a apagar mensagens privadas ou outros registos mais pessoais.

3. NÃO ESCONDA O TELEMÓVEL

Tal como no ponto anterior, também é fundamental que não comece a esconder o seu telemóvel. Qualquer mudança de comportamento sem razão aparente é suspeita e passar a esconder o telemóvel é das coisas mais suspeitas entre um casal. Por isso, é importante que o seu caso extraconjugal não exija isso.

Por isso, é importante não correr o risco de receber uma mensagem comprometedora quando menos espera. Daí a importância do ponto anterior, em criar um perfil alternativo, onde poderá manter essa actividade sem qualquer risco associado. É um comportamento mais seguro e que evita mudanças de atitude bruscas.

4. NÃO CONTE A NINGUÉM. NUNCA!

Este é um ponto fundamental que, apesar de parecer apenas uma questão de bom-senso, acaba por ser descurado pela maior parte das pessoas. Por vezes, é difícil resistir à tentação de contar a um melhor amigo, especialmente numa noite de copos mais informal. No entanto, isto é um erro muito comum e igualmente muito grande.

Se for infiel seja muito discreto

Quanto menos pessoas souberem, menor é o risco de o seu caso de infidelidade vir a ser descoberto. E isso inclui o seu melhor amigo, o seu colega de trabalho ou mesmo o seu irmão. Porque nunca se sabe as voltas que a vida dá, é sempre melhor jogar pelo seguro e não deixar pontas soltas, que possam vir resultar em surpresas desagradáveis.

Seja como for, lembre-se sempre que a infidelidade conjugal é errado e injusto para a outra metade do casal. O mais honesto a fazer é sempre contar a verdade e terminar a relação. E, em casos em que a monotonia se instala e a vida sexual piora, não receie em falar sobre isso. Irá surpreender-se com a quantidade de casais que encontra uma segunda vida sexual ao fazerem um trio.