Este é o ano de maior crescimento no Casadas Infiéis

A comunidade de mulheres infiéis de Portugal já existe desde Setembro de 2011. Desde a sua fundação até aos dias de hoje a comunidade nunca parou de crescer de uma forma constante e rápida. No entanto é com imensa satisfação que constatamos que 2017 foi o ano de maior crescimento da nossa comunidade de casadas infiéis. Este crescimento demonstra bem que a quantidade de pessoas que traem subiu significativamente no último ano em Portugal. Por outro lado o sexo feminino também não para de nos surpreender com uma taxa de crescimento superior aos homens. Os homens continuam a crescer na nossa comunidade mas com um ligeiro abrandamento. Não tem crescido tanto como as mulheres. Parece que cada vez há mais mulheres a procurarem uma infidelidade e cada vez há mais homens que fogem destas aventuras fora do casamento. Isto é um dado que nos preocupa porque pode acontecer de nos próximos anos não haver homens suficientes para o número de mulheres disponíveis para umas aventuras extraconjugais.

Efectivamente nota-se uma grande viragem, em Portugal, relativamente à emancipação sexual das mulheres. Principalmente das mulheres casadas. As mulheres casadas deixaram de suportar meses a fio sem sexo. Bom Sexo. Hoje em dia se o marido não corresponde ás expectativas elas procuram fora de casa.

O número de casais CORNO MANSOS também aumentou imenso e começou a ser moda a partir de 2016. A quantidade de maridos que dão luz verde e até lhe implorem para que tenham um amante aumentou exponencialmente. Em 2017 esta tendência de crescimento aumentou de uma forma exponencial.