Browsing articles in "Reflexões"
Mai 27, 2013
infiel

Casadas Infelizes são esposas infieis com mais facilidade

Há estudos científicos que demonstram que as mulheres casadas infelizes têm mais propensão para trair os seus companheiros. Aparentemente esta é uma evidência absolutamente natural e que qualquer pessoas chegaria lá sem a necessidade de fazer qualquer estudo. Mas desenganem-se, este estudo demonstra uma viragem radical no comportamento das mulheres casadas. Elas antes tinham medo de trair e, mesmo sendo profundamente infelizes, dificilmente eram infiéis. Hoje em dia segundo esses estudos, quase 90% das mulheres infelizes no seu casamento já foram esposas infiéis. No próprio facebook poderá encontrar algumas casadas infiéis assumidas.

Casada

Muitas destas mulheres infiéis estão “presas” a um casamento, por questões secundárias, no entanto, por questões extremamente importantes para a sua vida e para a sua dignidade enquanto mulheres. Muitas vezes existe dependência financeira por parte da mulher casadas, filhos, sem fontes de rendimento, questões de religião, meios pequenos, etc etc A única alternativa para estas mulheres, que não têm como fugir ao casamento, é procurar encontros amorosos entre casados e no segredo dos deuses. Estes encontros de casadas têm um duplo objectivo: 1º –  Satisfazer as suas necessidades básicas a nível sexual ; 2º – vingar-se do marido desleixado, que já não lhe dá o que aquela senhora casadas precisa para ser feliz. Acreditem há imensas mulheres casadas infelizes que traem porque querem ter algo de felicidade e prazer, no meio do seu inferno a que alguns lhe chamam vida de casados.

E você é uma casada infeliz, e por isso tornou-se numa esposa infiel ?

Mai 2, 2013
infiel

Só existe um verdadeiro Casadas Infiéis, os restantes são imitações!

Existem alguns sites que nos copiaram e tentam fazer tudo o que a nossa comunidade faz. Não acreditem nem usem outros sites : Só temos dois sites : www.casadasinfieis.com e www.casadasinfieis.com.br.

Todos os outros sites de Casadas Infiéis são cópias de Ratos Rambo.

Nós não nos importamos de sermos copiados por estes John Rambos, porque eles nos inspiram. É sinal que somos muito bons naquilo que fazemos. Não precisámos deles para nos inspirarem, porque sabemos que somos inteligente, imaginativos e cheios de boas ideias.
Pessoas que copiam as ideias dos outros não possuem imaginação, são fracos de mente, nunca vão passar de meninos cábula ou copiões, falta-lhes engenho e imaginação. E isso é algo que nos dá imenso gozo, nós somos muito grandes, eles são demasiado pequenos.

Nunca passarão de RATOS de ESGOTO que estão sempre a espreitar pela sarjeta, para ver e copiar tudo o que os outros fazem. Viver uma obsessão de copiar e imitar, tudo de outra pessoal, faz mal à saúde, e não nos permite crescer como pessoas. Tirar ideias, inspirar-nos noutros projectos está bem, mas nunca copiar tudo o que se faz de bem.

Casadas & Infiéis é a primeira comunidade e a maior na área de encontros Infiéis. Existimos desde Setembro de 2010, com um sucesso rotundo em Portugal e no Brasil. Mulheres infiéis procuram encontros com homens bem quentes e discretos e não querem Falsos Rambos que ganham a vida a copiar e a imitar. Elas gostam de homens imaginativos e ORIGINAIS.

Fev 21, 2013
infiel

Mulheres Infiéis são mais sexy

As mulheres infiéis são mais sexy’s  que as outras. Não há nenhum estudo que possa corroborar esta teoria, mas a nossa vasta experiência diz-nos que assim é. Quando uma mulher é infiel ela volta a ser uma tenager em busca de novas emoções, volta a vestir a pela da juventude na busca e na descoberta do prazer. Quando se levanta de manhã, tem especial cuidado com o seu aspeto físico, veste a suas roupas mais sexy’s, maquilha-se e deita um pouco daquele perfume que lhe dá uma aura especial.

Quando a mulher casada começa a ter um caso extraconjugal, inicia um processo de valorização pessoal. Tudo começa a ter emoção depois daqueles anos todos de casamento, sem sal nem pimenta. Finalmente começa a acordar de um sono pooado de pesadelos e dissabores. Finalmente começam a aparecer sonhos eróticos e agradáveis. Pensava que já não gostava de sexo e que o desejo seria uma coisa do passado, mas a verdade é tudo continua dentro dela, no entanto o “botão” do desejo foi abandonado alguns anos após o casamento.

Por todas estas razões as mulheres quando vivem uma relação extra-conjugal ficam muito mais bonitas e sexys. Com uma ar de felicidade juvenil estampado na cara, com roupas mais sexys e atrevidas, com uma maquilhagem mais arrojada e com um ar mais confiante  transformam a “casada adormecida” na mais bela das mulheres.

E você já teve a oportunidade de constatar a beleza de uma mulher infiel ?

Nov 30, 2012
infiel

Três classificações de Infieis

A infidelidade, a traição, o adultério, e os relacionamentos extra-conjugais, já são descritos desde a  era romana e grega. Praticada por homens e mulheres com imenso prazer e normalidade. Nestas sociedades evoluídas e cultas havia um enorme culto do corpo e dos prazeres da carne.

Uma das definições dadas para “traição” é, por analogia, “infidelidade no amor”. Já a palavra “infidelidade”, está definida mais precisamente como falta de respeito, de fidelidade àquilo com que se deveria estar comprometido”. E também  como sendo uma “manutenção de ligações amorosas com outra pessoa diferente daquela com quem se está  comprometido.

Segundo dados de arquivo ,  uma reportagem da Revista Domingo do Jornal do Brasil, de 16 de Julho de 2006, discutiram-se as diferenças entre fidelidade e lealdade. Na reportagem, a psicanalista e sexóloga S. Cherman é citada, defendendo a posição de que fidelidade não é sinónimo de lealdade e que apesar de nascermos para sermos polígamos, a sociedade nos impõe a monogamia. Na sua experiência clínica, 90% das mulheres declararam ter fantasias sexuais com outros homens que não seus maridos. Ela afirma, com este dado, que ninguém é fiel, pois no momento em que se fantasia com outrem, já se está sendo infiel. Nas suas palavras, “lealdade é ser fiel ao próprio sentimento, mesmo que isto  provoque conflitos.

Mas, na verdade , porém, não é a posição defendida por casais citados na reportagem acima. Na opinião deles, quando se olha para alguém interessante que não seu cônjuge, não se está sendo infiel e nem desleal. E quando um dos dois assume que achou um homem (ou uma mulher) bonito(a) para o(a) parceiro(a), é um ato de lealdade. Para estes casais, a infidelidade é ligada ao ato da traição, e não às fantasias e desejos que cada parceiro pode vir a ter durante o casamento….

Chegando a uma pequena conclusão , de que o conceito de lealdade e fidelidade varia de casal para casal e que ato de ter relações sexuais fora do casamento não implica, para alguns
casais, ser desleal ao parceiro, mas sim um acidente de percurso que todos estamos sujeitos.

Em termos classificativos , “traição”, “infidelidade”, “deslealdade” e “adultério” são termos parecidos, mas não podem ser usados como sinónimos quando falarmos sobre relacionamentos extra-conjugais. O adultério é um termo usado juridicamente quando existem relações carnais (ou sexuais) fora do casamento. Isto porque há um contrato matrimonial quando duas pessoas se casam, como pode ser visto na própria definição de adultério, que coloca o princípio ou regra da fidelidade conjugal. O ato de manter relações sexuais com outra(s) pessoa(s) fora do casamento é considerado uma violação ou transgressão desta regra. Mas afinal, foi   este conceito  evoluído desde a era romana e grega  ao longo dos tempos? O adultério? hoje é vivido da mesma forma como há séculos atrás? Por  as pessoas que  procuram relações fora do casamento?

Um ditado popular diz o seguinte :

A cadeia do casamento é pesada demais. Por isso é preciso carregá-la a dois ou, muitas vezes, a três…..

Out 31, 2012
infiel

A visão de um solteiro que adora conquistar casadas

Sou um homem solteiro, empresário de sucesso e ando na casa dos 30. Quase todos os meus amigos estão casados e muito felizes. Parabéns para todos eles e fico muito feliz que assim seja. No entanto eu escolhi uma caminho diferente para mim, ou pelo menos ordenei as minhas prioridades de forma diferente !
Por agora quero ser solteiro e livre. O casamento chegará um dia (se chegar), entretanto vou-me divertindo e cortejando muitas mulheres ao mesmo tempo. As minha preferidas são as casadas.

Sempre tive uma atracção por mulheres casadas !

E incrível como é que elas, depois de se casarem, começam o seu mais longo trabalho da sua vida : amestrar o marido à sua imagem . Elas fazem-no com uma mestria e uma descrição incríveis e com uma taxa de sucesso aterradora. Constato que a maioria delas logra o seu objectivo rapidamente, já que possuem uma capacidade de luta e de resistência só possível de encontrar no sexo feminino. Elas não tinham a ambição de terem um marido, mas antes uma amiga igual a elas que lhes dava filhos e algum sexo. Após a submissão do marido do começam a perder interesse e admiração por ele. E admiram os solteiros de sucesso. Mesmo à frente do marido deitam rasgados olhares sedutores e elogiam tudo nos Don Juan solteiros, o seu bom gosto para vestir, o perfume, o sucesso profissional, o dinheiro, os carros e a performance sexual, de que se fala entre o grupo de amigas. Estas mulheres casadas sonham todas as noites com sexo em quartos de luxo com os solteiros bonitos e musculados
Admiram tudo o excepto o marido totó gordo esem qualquer tipo de interesse, criado e manipulado por elas.

A vida é como uma maratona, temos de gerir o nosso esforço para aguentar os 42 km, e raramente ganha a maratona quem ia à frente aos 20 kms.

Páginas:12»
%d bloggers like this: